10 mistérios que a ciência não sabe explicar


Às vezes, pode parecer que a Ciência tem respostas suficientes para todas as perguntas que surgem. Mas não é bem assim. Há ainda muitas coisas e vários fenômenos misteriosos que não têm explicação racional.

O site Incrível reuniu alguns mistérios ainda não resolvidos pela ciência:

Por que temos tipos de sangue diferente?

Fonte: © Michaela Rehle (reuters)

A ciência sabe muito sobre os tipos de sangue, mas ainda há muitas perguntas que não têm respostas. Por exemplo, nós ainda não temos ideia por que são diferentes e por que foram necessários do ponto de vista da evolução.

Os tipos de sangue são diferentes em antígenos nas células do sangue, estes antígenos induzem à formação de anticorpos, que destroem células estranhas ao organismo. Os cientistas não sabem por que esses antígenos são diferentes.

De acordo com uma teoria, os diferentes tipos de sangue têm alguma relação com as doenças e o sistema imunológico. Por exemplo, descobriu-se que pessoas com sangue tipo O são muito mais resistentes a um tipo de malária.

Por que sonhamos quando estamos dormindo?

Fonte: @FatosDesconhecidos

Algumas pessoas acreditam que os sonhos sejam apenas imagens aleatórias e impulsos do cérebro, enquanto outras têm certeza de que significam algo profundo, são os desejos, os problemas e as preocupações do subconsciente. No entanto, ninguém pode dar uma resposta exata sobre esse fato.
Mesmo técnicas como a hipnose e os sonhos lúcidos não dão respostas precisas. A ciência que se dedica a estudar os sonhos é denominada Onirologia. Os cientistas concordam que os sonhos simbolizam algo escondido na psique das pessoas, mas ninguém pode dizer exatamente.

A extinção da megafauna

Fonte: @D24am

A megafauna inclui todos os animais gigantescos (como os mamutes) que viveram na Terra. Eles desapareceram há cerca de 10 mil anos e os cientistas ainda não foram capazes de descobrir o porquê.

Alguns acreditam que se extinguiu por causa das alterações climáticas, mas há pouca evidência que possa comprovar isso. Outra teoria diz que, simplesmente, começou a faltar comida. No entanto, não é tão simples. Os cientistas às vezes encontram no Alasca mamutes em excelente estado, em cujo estômago e até boca foi encontrada grama não digerida. Isso indica literalmente que todos esses animais morreram ao mesmo tempo, enquanto comiam. Mas por que isso aconteceu continua sendo um mistério.

Por que há destros e canhotos?

Fonte: @Incrível 

Os cientistas estudam por que a maioria das pessoas usa a mão direita mais frequentemente do que a esquerda. No entanto, ainda não conseguiram explicar quais os mecanismos estão envolvidos nesse processo.
Acredita-se que a maioria das pessoas (de 70% a 90%) seja destra e a minoria, canhota. Há também um porcentual de ambidestros, que usam as duas mãos com igual eficiência.

Tem sido demonstrado que os genes influenciam no fato de a pessoa ser canhota ou destra, mas o gene que determina a característica canhota ainda não foi detectado. Existe também a evidência de que círculo social pode influenciar na escolha da mão dominante. Por exemplo, às vezes os professores têm tentado ensinar as crianças a usarem a mão direita, em vez da esquerda.

Quantos planetas existem no Sistema Solar?

Fonte: @Noticiasaominuto 

Desde que os cientistas excluíram oficialmente Plutão da classificação de planeta, acredita-se que existam somente oito no Sistema Solar. Mas não é tão simples assim. A maior parte do nosso Sistema Solar ainda não foi explorado. O espaço entre Mercúrio e o Sol é muito brilhante e o espaço atrás de Urano é muito escuro.

Na verdade, justamente fora do nosso Sistema Solar, atrás de Plutão, encontra-se o chamado Cinturão de Kuiper, que consiste em objetos congelados. Todos os dias os cientistas descobrem centenas de milhares de objetos do mesmo tamanho ou maiores do que Plutão. Eles notaram uma lacuna no Cinturão de Kuiper. Isso indica que, por ali deve existir um outro planeta do tamanho da Terra ou de Marte, que atrai todas esse material ao redor. Então, é possível que muitos livros sobre o assunto tenham de ser reescritos.

Do que é feita a matéria escura?

Fonte: @FotosImagens

Estima-se que cerca de 27% de todo o universo é composto de matéria escura. Ela não emite radiação eletromagnética e não interage. Ou seja, a matéria escura não emite luz. Esta qualidade faz com que seja impossível observá-la diretamente.

As primeiras teorias sobre a matéria escura surgiram cerca de 60 anos atrás, no entanto, até hoje os cientistas não conseguiram fornecer provas de sua existência, ainda que tudo indique que realmente exista.

Bússola nas vacas

Fonte: @FundosAnimais

Você provavelmente nunca pensou ou reparou nisso. Cerca de 70% das vacas, quando comem ou bebem, viram a cabeça diretamente para o norte ou para o sul. Isso foi observado em todos os continentes, independentemente da geografia, do clima e de outros fatores. Ninguém havia prestado atenção até que o Google Earth serviu de base para uma pesquisa que indicou o estranho comportamento.

 

Aparecimento de espécies do nada

Fonte: IncrívelClub

Por muitos anos, os cientistas procuram desvendar este mistério. O que acontece é que muitas espécies de animais e plantas do nosso Planeta aparentemente surgiram do nada. Não tiveram antepassados ​​dos quais podem ter evoluído e a ciência não conseguiu explicar de onde vieram.

Isso aconteceu, por exemplo, com os anfíbios: não se conhece com precisão o estágio em que os peixes deram vida aos anfíbios. E os primeiros animais terrestres apareceram com membros bem desenvolvidos e uma cabeça bem marcada. Então, depois de um suposto cataclismo (cerca de 65 milhões de anos atrás), que causou a extinção dos dinossauros, surgiram vários grupos de mamíferos ao mesmo tempo.

 

Ronronar do gato

Todos sabemos que os gatos ronronam quando se sentem bem. Até aí ok. No entanto, ninguém sabe como os bichanos fazem isso. Na garganta dos gatos não há órgão especial para produzir esse som. Curiosamente, quando ronronam não é possível ouvir o coração nem os pulmões, e não interrompem a ação nem quando inspiram ou expiram o ar.

Os cientistas acreditam que os gatos usam suas cordas vocais para produzir sons vibrantes, que ouvimos como ronronar. Além disso, foi descoberto que a frequência do ronronar está dentro da gama necessária para acelerar a regeneração e a cura de feridas. Portanto, seu gato pode ser um excelente médico.

Este artigo foi publicado por: 

Incrível
em: https://incrivel.club/admiracao-curiosidades/10-misterios-cientificos-que-nao-tem-explicacao-201760/#image5198410
Anterior 10 Lugares incríveis e estranhos
Próximo Apocalipse: cientistas alertam sobre asteroide apocalíptico e suas rajadas de vento