Morro do Pão de Açúcar e Urca

Pão de Açúcar e Urca

O morro constituído por um bloco único de gnaisse-granito com mais de seiscentos milhões de anos de idade, que surgiu da separação entre os continentes sul-americano e o africano e que sofreu alterações por pressão e temperatura. É rico em espécies de plantas rupícolas, estando presentes, em suas diversas faces, espécies endêmicas de bromélias e orquídeas. A face sul é especialmente rica, praticamente toda tomada por um “tapete vegetal”, contrastando enormemente com a face norte, que apresenta pouca vegetação em suas vertentes. É circundado por um resquício de Mata Atlântica. O seu nome é explicado por alguns autores pela semelhança aos blocos cônicos formados pelo açúcar na fase da purga em sua fabricação, à época colonial.

 

Urca

Morro da Urca, Com 220 metros de altitude, o Morro da Urca é um dos morros que compõem o Pão de Açúcar. O acesso ao seu topo é dado por dois meios: pelo Bondinho do Pão de Açúcar ou por uma trilha. Em seu cume, situam-se duas estações que atendem ao Bondinho do Pão de Açúcar, com entretenimento e lazer.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *